Mãe em construção = casal em constante construção

Filhos trazem um renovo na vida e sim, nos migram para uma nova fase. Deixamos de ser um casal e nos tornamos uma família, ou seja, uma tríade. Não mais uma dupla e sim, um trio. Para essa tríade funcionar dentro de um lindo caos de amor, que é a maternidade, existe um dilema diário para a relação a dois. Parece que a comunicação se perde, as horas sem ter o que fazer ficam tão lotadas de afazeres que nem sobra mais tempo para a gente, como casal. Filhos, além de trazerem esse novo sentido, trazem uma dose enorme de medo, angústia, escassez de paciência com o companheiro (a) e a tal da falta de liberdade.

haley-powers-370171_Easy-Resize.com

O melhor de tudo isso é o amor, vem agarradinho nesses novos desafios. E ele está ali, mesmo no meio do caos dos diálogos, ajustes, as brigas e desacordos. Nós conseguimos achar o amor quando permitimos nos transformar para achar esse novo sentido de família. Nesse reconhecimento, assumimos que as brigas fazem parte do processo, são os ajustes e desacordos, que atualizam e levam a seguir em frente com uma relação a três.

jonathan-daniels-385131_Easy-Resize.com

Os filhos viram nossa vida de cabeça para baixo e por muitos momentos você até curte essa bagunça, se irrita, tenta arrumar e quase sempre não dá certo. De repente tudo desandou entre o casal, existe um ciclo onde é preciso reconhecer os lados e falar o que não está legal. Apesar de tudo isso, você espera o final do dia para sua cria dormir e assim, vocês terem tempo de dar um abraço no outro, reconhecer que está difícil, mas que vocês irão passar por mais essa transformação como família. Para que uma relação a três funcione é preciso aceitar os desafios, abrir mão do nosso orgulho interno e egoísmo doí.

accf9514-30b1-401d-af52-b6c755e69f10_Easy-Resize.com

Lembre-se que os desacordos nos fortalecem, agora a nossa motivação tem nome, sobrenome, cor, cheiro, sorrisos largos e se chama Filha. Ela nos ensina todos os dias, então bora seguir essas relações que nos transformam!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *