Mãe em construção: Aprendi

Aprendi que precisamos de nove meses para nos encontrar, vivi cada um deles lentamente dentro de mim, para ao final, olhar nos seus olhinhos. Apesar de tudo que imaginei, sem nunca ter visto seu rosto, você veio como pedi intimamente para o nosso Papai do Céu.

2_Easy-Resize.com (1)

Aprendi que tudo que criei internamente sobre como seria quando você chegasse após esses nove meses, cai por água abaixo. Aprendi que idealizei, criei expectativa, tentava te ver nos meus sonhos, mas sim, foram só idealizações. Quando você chegou, aprendi que só mesmo a realidade descrevia o que era te ter nos meus braços, passava longe daquelas da minha imaginação. Foi então que eu aprendi a parar de idealizar como você tem que ser, só assim fica mais fácil de lidar com a realidade que por vezes dói.

kelly-sikkema-311127_Easy-Resize.com

Aprendi que, por mais doa, essa realidade transforma os nossos dias para algo verdadeiro sobre mim mesma. Aprendi que você trouxe consigo a chave do presente, se não tiver presente com você, não há transformação para nós duas. Aprendi que existe um desafio diário entre equilibrar a minha vida e essa mãe que está sendo construída.  Aprendi que sim, nós estamos misturadas uma na outra, em alguns momentos preciso ver você e em outros ver eu, mas confesso que isso é muito difícil. Afinal, eu aprendi a ter você só para mim por nove meses, e agora?

picsea-357049_Easy-Resize.com

Aprendi que precisamos permanecer nessa mistura ainda e quanto mais você se desenvolve mais vamos nos desprendendo uma da outra. Tento compreender que é necessário que ambas cresçamos como indivíduo. Sim, isso é preciso para nos desprendermos e conhecermos nossos mundos. Aprendi que temos tempo, mas não tanto tempo assim, os prazos estão sempre apertados, por isso aprendi a viver nossos momentos como únicos. Registro na memória essas vivências que jamais voltarão. Tenho aprendido a desacelerar para poder nos perceber, porque como todos falam, é só uma fase e vai passar. Isso deve ser feito dia após dia, sem idealizar em como seremos lá no futuro. Afinal, por que pressa se estamos nos construindo hoje?

Para o nosso próprio bem, devemos viver cada dia nos construindo, para assim, nos acharmos em nós mesmas.

caroline-hernandez-219453_Easy-Resize.com

Somente vivendo para saber que mãe serei, e você, que filha será. Aprendi a ver o amor nos detalhes, realidades, nessas formas diversas de amar, nas entrelinhas dos nossos dias. E eu, continuo aprendendo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *